Blog: Go with the flow
Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

Blog: Meios sem lubrificação para válvulas? Não é um problema!

O mundo está indo em direção a combustíveis mais limpos e fontes de energia mais ecologicamente corretas. Nos últimos anos, essa mudança para uma atitude mais consciente em relação ao meio-ambiente se tornou uma tendência na indústria, criando mais desafios para todos nós.

Na indústria de energia - ainda que isso traga mais exigências para os dispositivos - a receita para o sucesso parece simples: Produzir mais com matérias-primas renováveis da forma mais eficiente possível.

Parece um ótimo plano! Mas isso realmente estabelece uma gama de difíceis desafios para os dispositivos que proporcionam a base para essas operações de consumo eficiente - como válvulas de processo. Especialmente quando os meios utilizados no processo são grudentos, secos ou desfavoráveis para os componentes e para a instrumentação.

Muitos desafios no caminho para atingir a excelência

Na indústria petroquímica, por exemplo, este meio pode ser o tolueno, um composto químico incolor, ou o vapor superaquecido usado tipicamente em processos de plantas geradoras de energia. Ambos são conhecidos como fluídos secos e sem lubrificação. Ou, às vezes, meios ainda mais agressivos capazes de causar erosão e a rápida degradação do sistema são utilizados.

Produzir mais combustíveis mais limpos, rápidos e a volumes mais altos significa que as válvulas envolvidas nesses processos de alta-eficiência também precisam lidar com temperaturas mais altas, pressões mais altas e ciclos maiores, bem como atender a exigências de estanqueidade rigorosas nas operações da válvula de controle. Elas precisarão de uma controlabilidade mais precisa, junto a uma operação ultraconfiável e o máximo de tempo em operação. Tudo isso, com os desafios adicionais propostos por fluídos problemáticos.

Logo, selecionar a válvula certa focando em seu material é imprescindível.

Revestimentos em carboneto de cromo vieram para salvar a pátria

Durante algum tempo, foram desenvolvidas soluções para processos que utilizam meios sem lubrificação. Uma dessas é o revestimento carboneto de cromo (CrC), aplicado no obturador e na sede da válvula. Por exemplo, as válvulas da Série R da Metso possuem esse revestimento opcional para suas peças padrão em aço inoxidável.

O revestimento em CrC demonstrou capacidades inigualáveis na operação em meios de processo sem lubrificação. Ele possui uma excelente resistência a altas temperaturas, ajuda a evitar fulgor e cavitação e possui dureza suficiente para resistir à erosão. Com estas características consagradas, as válvulas com revestimento de CrC garantem um deslocamento mais rápido para a válvula.

Testadas em tolueno, aprovadas pelo cliente

Na Metso, junto com um cliente experiente, a válvula da Série R com revestimento de CrC em um segmento, bem como a sua sede, foram testadas com tolueno.

O teste realizou um total de 100.000 ciclos mecânicos, onde um ciclo da válvula equivale a 0% fechada a 100% a 0% fechada. Diversos passos de deslocamento rápidos no ciclo, que exigem controlabilidade precisa, também foram realizados como parte do teste.

Após a conclusão da fase de testes, foram realizadas desmontagem e inspeção. Os resultados foram incríveis. As peças de segmento da válvula permaneceram todas em excelentes condições.

Segment  Seat

Figura 1 Segmento e sede em excelentes condições após o teste

Solução em válvulas que não dá dor de cabeça em meios sem lubrificação

Há algum tempo, meios secos e sem lubrificação eram associados a uma vida útil inevitavelmente curta para os equipamentos de controle de fluxo de uma planta. Se produzir combustíveis melhores exigisse meios secos, um desempenho confiável e estável da válvula era impossível.

Mas só até agora, quando as válvulas com um revestimento avançado finalmente eliminaram a reputação de risco dos meios sem lubrificação. Meios grudentos, secos ou com outros problemas operacionais, como corrosão ou obstrução - agora existe uma forma para tudo fluir tranquilamente e sem dor de cabeça.

Com um design testado e aprovado pelo cliente, essas válvulas também foram feitas para que pudessem ser facilmente melhoráveis na área. Isso oferece uma solução unificada, focando nos detalhes que importam, para diversas condições exigentes - e garante conveniência caso seja necessário realizar alguma mudança no processo.


Blogger

Mikko Tikka

Technical Sales Engineer, Metso Valves

Seus comentários são bem-vindos

Metso no Facebook

Metso no Twitter