Blog: Go with the flow
Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

Blog: Válvulas com uma unidade avançada de metátese contribuem para uma produção confiável de propileno

A metátese é um dos métodos de produção mais comuns de propileno, mas ela só pode ser lucrativa se a unidade de produção for confiável. Então, como garantir a confiabilidade da sua unidade de metátese? Com certeza, isso significa uma unidade com o suporte de válvulas da mais alta qualidade selecionadas especificamente para esse propósito.

As décadas passadas testemunharam um aumento dramático na demanda por propileno para atender à necessidade global deste fundamental produto multiuso. Já que a demanda por propileno tem crescido mais rápido que a sua oferta, o resultado foi que os produtores passaram a procurar por fontes mais confiáveis e produtivas.

Uma delas é a metátese - uma reação onde etileno e butano são usados como matéria-prima para formar propileno de grau polímero. Desenvolvido originalmente como uma opção de produção que exigia baixo investimento e baixo consumo de energia, a metátese é atualmente um dos métodos de produção mais comuns. Esse método permite excelente flexibilidade, desempenho e lucro. Mas isso só acontece quando a unidade de metátese é confiável e eficiente - projetada e mantida com a consciência de que os detalhes são importantes.

Reduza os riscos usando as válvulas certas

O processo de metátese exige diversas válvulas e respiros para controlar as diversas pressões e temperaturas de cada corrente, coluna e vaso usados no ciclo. Devido a possíveis riscos, é essencial que essas válvulas funcionem de forma adequada e tenham um desempenho confiável.

Por exemplo, aumentos repentinos de pressão ou temperatura podem causar problemas ou quebra nos equipamentos. Além disso, alguns meios utilizados no processo são altamente inflamáveis, o que aumenta o número de perigos em potencial. Além disso, possíveis situações de descontrole também constituem uma ameaça, colocando não apenas toda a sua produção em risco, senão também a sua equipe.

Válvulas bem projetadas e instaladas corretamente podem ajudar a eliminar esses riscos e também podem melhor os resultados do seu desempenho.

Válvulas de bloqueio para a alimentação do reator

Da grande variedade de tipos de válvulas na unidade de metátese, uma das mais críticas para a segurança é a válvula de bloqueio da alimentação do reator. Elas são necessárias para isolar prontamente a alimentação para o reator caso ocorra um problema.

Já que essas válvulas estão localizadas perto do aquecedor, elas ficam expostas a temperaturas extremamente altas, de até 590 °C. No entanto, é essencial que elas preservem a rápida operação e mantenham um bloqueio ajustado em todos os momentos.

Por essas condições específicas, certifique-se de que as suas válvulas de bloqueio para a alimentação do reator atendam aos critérios a seguir:
- Compatibilidade de alta temperatura
- Bloqueio rápido e ajustado
- Disponibilidade infalível, especialmente após um extenso período de não operação

Todas as válvulas importam

Esta válvula de bloqueio é apenas um exemplo. Outras fases do processo requerem válvulas diferentes, projetadas especialmente para suas funções, com um nível de criticidade igualmente alto.

A unidade de metátese típica também inclui válvulas de comutação do tratador, válvulas de controle de gás, válvulas de emergência (ESD) e válvulas de despressurização para estabilizar as condições em casos de excesso de pressão.

Caso você esteja se perguntando qual é a melhor válvula para cada aplicação, consulte as mais recentes soluções testadas no campo no nosso relatório de aplicação de propileno via metátese (em inglês). 

Válvula esfera bi apoiada Neles com solenoide de segurança inteligente ValvGuard


Blogger

Ville Kähkönen

Director of Industry Management

Seus comentários são bem-vindos

Metso no Facebook

Metso no Twitter