Blog: Go with the flow
Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

Vida útil da válvula de emergência (ESD) - um dispositivo que você “instala e esquece que existe”?

Na maioria das vezes, as pessoas pensam em válvulas ESD como dispositivos que não precisam de atenção após a instalação. Mas seria esta a abordagem correta? As válvulas ESD devem funcionar perfeitamente em situações de emergência. Como é possível manter essas válvulas operacionais em todos os momentos e atender às especificações dos requisitos originais de segurança?

 

“Enquanto algumas normas de seguranças forem continuamente revisadas e novas surgirem, ainda teremos muita confusão com relação aos requisitos de segurança reais para válvulas ESD. A verdade é que essa abordagem de “instalar e esquecer” deixou de ser uma opção para válvulas ESD. Você deve cuidar de diversos aspectos do ciclo de vida dela antes que ela seja confiável e conforme. Vamos definir as medidas que devem ser tomadas para garantir a disponibilidade da operação e da função instrumentada de segurança (SIF) das válvulas ESD em longo prazo.”

A apresentação da Válvula ESD – um dispositivo que você “instala e esquece que existe?” realizada por nosso especialista Ville Kähkönen ocorreu como parte da sessão Severe Service Applications (Aplicações para Serviços Rigorosos) na Valve World Conference 2018 em 27 de novembro de 2018. Assista ao vídeo sobre o tópico acima. 

 

Já está recebendo as atualizações mais recentes das soluções para controle de fluxo da Metso? Cadastre-se aqui para receber notícias em primeira mão direto na sua caixa de entrada.


Blogger

Ville Kähkönen

Director of Industry Management

Metso no Twitter