Blog: Metso Brasil 100 anos
Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

13ª temporada de música instrumental brasileira de Sorocaba

Eventos especiais foram planejados para o Metso Cultural em 2019, na comemoração dos 100 anos da Metso no Brasil.

Há 14 anos o Projeto Metso Cultural apresenta gratuitamente na cidade de Sorocaba, através do incentivo da Lei Rouanet, os maiores artistas da música popular, instrumental e jazz em atividade no Brasil, permanecendo um projeto revolucionário e fundamental na vida cultural da cidade e região.

Para a 13ª Temporada de Música Instrumental Brasileira de Sorocaba o projeto apresentará 08 shows gratuitos, no Teatro Municipal de Sorocaba, sempre aos sábados (conforme programação). Algumas das maiores cantoras brasileiras fazem parte da programação: Zelia Duncan, Ná Ozzetti, Fabiana Cozza e a jovem e extraordinária Vanessa Moreno. Três violonistas de referência no Brasil e no mundo também se apresentarão: Marco Pereira, Paulo Bellinati e Alessandro Penezzi. Além de dois dos mais celebrados compositores e musicistas brasileiros: João Bosco e Zé Miguel Wisnik. Este ano o Metso Cultural apresenta pela primeira vez um dos jovens instrumentistas mais celebrados na cena brasileira atual: o pianista Hercules Gomes, além dos ganhadores de 2 Grammys: os incomparáveis músicos Fabio Torres, Paulo Paulelli e Edu Ribeiro que formam o Trio Corrente.

Além das apresentações, o projeto propõe 03 atividades pedagógicas gratuitas: um workshop “Ritmos Brasileiros” com o violonista, compositor e arranjador Marco Pereira, no Conservatório Rogério Koury; uma palestra sobre “Os 100 anos da Canção Brasileira” com Zuza Homem de Mello, no auditório da UNESP Sorocaba e uma palestra “Entendendo a Produção Cultural” com a Equipe de produção e desenvolvimento de projetos da Mda International, no centro cultural Base12.

A Temporada tem produção da MdA International e a direção artística de Marco de Almeida. Patrocínio exclusivo da Metso e Apoio da Unimed Sorocaba.

 

CONFIRA ABAIXO A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

 

Dia: 27 de abril, sábado

ZÉLIA DUNCAN – voz e violão

“O LADO BOM DA SOLIDÃO”

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita – Fila única para a retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação. Permitida a retirada de 01 ingresso por pessoa. Crianças abaixo de 07 anos deverão se sentar no colo dos pais.

Sozinha no palco com o violão, quase na sua intimidade, Zélia Duncan apresenta seus maiores sucessos como Catedral, Lá Vou eu, Sentidos, Enquanto Durmo, Alma, além de canções de seu repertório afetivo e de sua trajetória, entre agradáveis surpresas, no show O Lado Bom Da Solidão. A ideia é estar pertinho de seu público. “O Lado Bom Da Solidão é a possibilidade, sempre, de estar acompanhada de um público que goste de imaginar que estava presente quando as canções foram feitas! Um show que tem como conceito a proximidade entre artista e platéia", comenta Zélia.

O Lado Bom Da Solidão tem cenário de Simone Mina e iluminação de Christiano Desideri.

 

 

Dia: 04 de maio, sábado

MARCO PEREIRA E PAULO BELLINATI

“XODÓS”

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

Neste trabalho, lançado em agosto de 2018 pelo selo paulista Borandá, os violonistas paulistanos Marco Pereira e Paulo Bellinati celebram uma parceria musical de quase cinco décadas, marcada por afinidades, técnica e dedicação à música brasileira e ao violão. O repertório é composto por arranjos instrumentais especialmente elaborados pelos instrumentistas para sucessos de Dominguinhos como "Eu Só Quero Um Xodó", "Isso Aqui Tá Bom Demais" e de Dilermando Reis como "Uma Valsa e Dois Amores" e "Se Ela Perguntar", além de composições próprias arranjadas especialmente para a formação de dois violões.

 

 

Dia: 01 de junho, sábado

NÁ OZZETTI E ZÉ MIGUEL WISNIK, voz e piano

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

Ná Ozzetti e José Miguel Wisnik se cruzaram musicalmente pela primeira vez em 1985. Esse encontro, que abriu caminho para tantos outros, é celebrado agora em NÁ e ZÉ – álbum que reúne 14 canções compostas por Zé Miguel entre 1978 e 2014, sendo oito inéditas em disco. Um repertório que, de certa forma, refaz a trajetória de ambos. O show NÁ e ZÉ já passou por São Paulo, Jundiaí, Lisboa, Teresina, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre e agora chega em formato intimista, com Ná Ozzetti (voz); Zé Miguel Wisnik (piano e voz).

 

 

Dia: 10 de agosto, sábado

JOÃO BOSCO, voz e violão

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita – Fila única para a retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação. Permitida a retirada de 01 ingresso por pessoa. Crianças abaixo de 07 anos deverão se sentar no colo dos pais.

João Bosco é considerando um dos mais importantes nomes da MPB. O violonista apresenta-se em formato voz e violão com repertório de uma carreira de mais de 40 anos. Com mais de 25 álbuns, parcerias com gênios como Aldir Blanc e Vinícius de Moraes, obras gravadas por inúmeras vozes essenciais da música brasileira, como Elis Regina e Clara Nunes, reconhecimento internacional por seu talento e técnica violonística, João Bosco apresenta-se sozinho com seu violão, oferecendo ao público a pureza de sua composição e uma interpretação personalíssima de suas obras, com sua esmerada técnica vocal e instrumental.

 

 

Dia: 14 de setembro, sábado

Vanessa Moreno, Fi Maróstica, Tiago Costa e Jonatas Sansão visitam Elis Regina.

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

“Nesse encontro com os músicos Tiago Costa (piano) Fi Maróstica (contrabaixo e arranjos) e Jonatas Sansão (bateria), a cantora Vanessa Moreno visita o repertório de Elis, uma de suas inspirações musicais. 

Passando por canções como 'Aprendendo a Jogar', 'Agora tá', 'Querelas do Brasil' e 'Se eu quiser falar com Deus', a cantora passeia por algumas das várias fases da carreira de Elis Regina em arranjos jazzísticos, com muita improvisação, leveza e brasilidade. 

"Visitar as canções imortalizadas pela voz dessa intérprete ímpar é de uma alegria sem tamanho. Ouvir Elis é sentir a força, o carisma, o suingue, a intensidade, a entrega e tantas outras profundidades e complexidades presentes no seu cantar e no seu viver. Além de tudo isso, sinto na sua forma de fazer música uma ousadia e um frescor que me encantam. Vamos celebrar Elis!" diz Vanessa.”

 

 

Dia: 05 de outubro, sábado

HÉRCULES GOMES TRIO

Hercules Gomes (piano)

Rafael Abdalla (baixo acústico)

Kabé Pinheiro (percussão)

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

Influências de ritmos  brasileiros, jazz e uma Técnica refinada são alguns dos aspectos presentes no estilo pianístico e composicional de Hercules Gomes. Natural de           Vitória (ES) e radicado em São Paulo, Hercules é      hoje um dos mais representativos pianistas brasileiros de  sua geração. Formado por Hercules Gomes (piano), Rafael Abdalla (baixo acústico) e Kabé Pinheiro (percussão), o Hercules Gomes Trio explora ritmos tradicionais brasileiros aliados às influências do jazz para  trabalhar um conceito particular de música            instrumental. A soma de suas diversas influências, o passeio por diversos estilos e a exploração da grande gama de recursos de seus instrumentos resulta     em uma música viva, brasileira e contemporânea. No repertório estão presentes composições próprias e arranjos para temas de grandes compositores brasileiros como Radamés Gnattali, Hermeto Pascoal e Edu Lobo.

 

 

Dia: 09 de novembro, sábado

TRIO CORRENTE

Edu Ribeiro, bateria

Fabio Torres, piano

Paulo Paulelli, contrabaixo

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

Formado em 2001 pela união do baterista Edu Ribeiro, do pianista Fabio Torres e do contrabaixista Paulo Paulelli, o Trio Corrente vem criando um som original, interpretando de forma única os clássicos do choro, da MPB e do seu crescente repertório autoral. Nas performances do Trio, aliam-se em um agradável equilíbrio solos virtuosísticos e momentos de rara sutileza. Em 2011, o Trio Corrente gravou o seu segundo álbum, Volume 2, e em 2014, o álbum Song For Maura, uma parceria com Paquito D’Rivera, conquistou o Grammy Award como melhor álbum de jazz latino. Pelo mesmo trabalho, ainda venceriam, na mesma categoria, o Latin Grammy, dividindo o prêmio com o lendário pianista americano Chick Corea. 

 

 

Dia: 07 de dezembro, sábado

Fabiana Cozza e Alessandro Penezzi.

Show: Canto da Noite na Boca do Vento

Local: Teatro Municipal de Sorocaba

Horário: 20h30

Entrada Gratuita - retirada dos ingressos às 19h00 na bilheteria do Teatro no dia da apresentação

A cantora paulistana Fabiana Cozza e o violonista Alessandro Penezzi apresentam o CD "Canto da noite na boca do vento", com repertório todo dedicado à Dona Ivone Lara e seus parceiros. O CD foi gravado e produzido na gravadora Biscoito Fino e contou com as participações especiais da cantora Maria Bethânia, o cantor Péricles e o arranjador e saxofonista Nailor Proveta.

No repertório, a intérprete deu voz à obra de Ivone Lara e parceiros como Delcio Carvalho, Nei Lopes, Arlindo Cruz, Paulo César Pinheiro, Hermínio Bello de Carvalho, Mano Décio da Viola, Fuleiro, Tio Hélio, Silas de Oliveira e Bacalhau. A única canção inédita do trabalho intitulada "A dama dourada" foi um pedido de Fabiana ao jovem compositor Vidal Assis que dividiu a parceria (letra) com Hermínio Bello de Carvalho, e que assina a apresentação do trabalho.

 

 

ATIVIDADES PEDAGÓGICAS - MÚSICA POPULAR BRASILEIRA

 

Dia: 03 de maio, sexta-feira

WORKSHOP: Ritmos Brasileiros com Marco Pereira

Local: Conservatório Rogerio Koury - Rua Pernambuco, nº154. Sorocaba

Horário: 16h00 (03 horas de duração – sem intervalo)

Inscrições Gratuitas. (Necessário fazer as inscrições pelo telefone (15) 3211-1360)

Limites de vagas: Executantes*: 10 / Ouvintes: 10

*Executantes: violonistas com conhecimento médio de harmonia

Marco Pereira é violonista, compositor, arranjador e produtor. Estudou violão na capital paulista, sob orientação do mestre uruguaio Isaías Sávio, e cursou Teoria Musical no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e na Universidade de São Paulo (USP). Viveu na França por 5 anos, onde recebeu o título de Mestre em Violão pela Université Musicale Internationale de Paris e defendeu tese sobre a música de Heitor Villa-Lobos no Departamento de Musicologia da Universidade de Paris-Sorbonne. Em Paris, recebeu forte influência jazzística e também de música latinoamericana, o que caracterizou, especialmente, seu trabalho de composição. Dono de vastíssima discografia, vem mantendo intensa atividade como solista no Brasil e no exterior ao longo de sua carreira. Suas composições estão editadas pela Editora Lemoine, de Paris, e têm sido gravadas e tocadas em concerto por grandes intérpretes europeus. É professor adjunto no Departamento de Composição da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

 

 

Dia: 07 de junho, sexta-feira

PALESTRA “100 anos da canção brasileira” com Zuza Homem de Mello

Local:  Auditório da Unesp - Av. Três de Março, 511 - Aparecidinha, Sorocaba

Horário: 19h00 (duas horas de duração)

Inscrições Gratuitas: (15) 3211-1360 MdA International

Desde o final da década de 20 que marcou a passagem do maxixe para o samba, quando os grandes sucessos de Sinhô deram lugar a um modelo de ritmo nacional com base no samba do Estácio, até o aparecimento, nos anos 90, de diversas tendências que surgem e desparecem, e continuam indo e vindo pelo século XXI a dentro, Zuza nos brindará com seu conhecimento e, mais, com seu parecer sobre esses 100 anos da canção brasileira.

Zuza nos informará sobre Noel Rosa e Ary Barroso, sobre as marchinhas de Carnaval de Lamartine Babo e de Braguinha, sobre a Época de Ouro, com a chegada de Herivelto Martins, Dorival Caymmi e Pixinguinha entre os pilares da canção.

Ouviremos sobre o baião de Luiz Gonzaga, sobre o samba-canção, intimista, avançando para a modernidade. Chegaremos à Bossa Nova - de João Gilberto, Tom Jobim e Vinicius de Morais - que difunde a canção brasileira para o mundo. Ouviremos sobre a Era dos Festivais com Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Edu Lobo, Paulinho da Viola, Marcos Valle e outros. Zuza nos informará sobre o Tropicalismo, sobre talentos de outras regiões como Djavan, Moraes Moreira, Alceu Valença, Belchior. Chegaremos a Minas com o Clube da Esquina e Milton Nascimento. A São Paulo com a Jovem Guarda de Roberto Carlos, e o Lira Paulistana.

Enfim, 100 anos da Canção Brasileira abordará todos os gêneros de nossa tão admirada canção popular.

 

 

Dia: 13 de setembro, sexta-feira

PALESTRA: Entendendo a Produção Cultural

Com a Equipe da Mda International

Local:  BASE 12 - R. Yugoslavia, 164 - Jardim Europa, Sorocaba - SP

Horário: 19h00 (duas horas de duração)

Inscrições Gratuitas: (15) 3211-1360 MdA International

A Equipe de produção e desenvolvimento de projetos da MdA International irá ministrar a palestra: Entendendo a Produção Cultural.

 

 

Informações pelo site www.mdainternational.com.br e pelo telefone (15) 3211-1360
Produtor Responsável: Marco de Almeida - marco@mdainternational.com.br


Metso no Twitter