mar 8, 2021 Mineração blog

Como projetar a descarga do moinho e identificar possíveis gargalos?

Fábio Isoldi
Fábio Isoldi
Product Support Coordinator
A descarga do moinho merece atenção em muitas plantas, pois está suscetível a problemas desde transbordamento pela alimentação a gargalos.

Por isso, preparamos este conteúdo para mostrar como você pode projetar a descarga do moinho e encontrar possíveis gargalos. Confira!

Identificando possíveis problemas

Os problemas podem envolver transbordamento pela alimentação, conhecido pelo nome técnico backflow, e estrangulação, identificados como gargalos.

Ambos são ruins para o bom desempenho do equipamento e devem ser combatidos nas fases de projeto ou corrigidos em campo nos equipamentos em operação.

Atenção a grelhas e levantadores de polpa

Moinhos que incorporam grelhas em sua descarga tendem a ter uma retenção de materiais maior, por isso é preciso observar e especificar corretamente a área aberta das grelhas.

Os levantadores de polpa, por sua vez, devem ser projetados para ter capacidade de escoar minério de forma eficiente para fora do moinho.

Use tecnologias para otimizar a simulação

Na fase de simulação, as condições reais da planta serão avaliadas para evitar problemas de descarga do moinho. São avaliados fatores como tamanho da partícula, vazão do moinho e volume dentro do canal de transporte (levantadores e descarregadores de polpa).

Trabalhadas em conjunto no software de simulação, essas informações indicam se a descarga será ou não adequada ao fluxo de processamento.

A tecnologia do sistema de descarga é um fator importante na indicação do projeto adequado. Considerando que esse tipo de mecanismo funciona como um bombeamento da polpa para fora do moinho.

Assim, conhecer o sistema de descarga em detalhes permite reduzir os gargalos. O objetivo é bombear a polpa o mais rápido possível para fora do moinho, e esse processo pode ser definido na simulação.

Nesse artigo, você viu como projetar a descarga do moinho e identificar possíveis problemas no equipamento. Gostou? Acesse nosso site e tenha acesso a mais informações sobre a indústria mineral!