jul 3, 2020 Mineração blog

Como se preparar para evitar uma falha de planta de britagem

Com cuidado e sensatez, é possível evitar os prejuízos da falha de planta.
Como se preparar para evitar uma falha de planta de britagem

 

Se a parada de planta já é um processo maçante para as mineradoras, a falha de planta de britagem é algo que assombra qualquer gerente de operações. Isso porque a falha de planta significa pausa na produção, o que traz diminuição da produtividade e prejuízos.

O ideal é que uma falha de planta nunca aconteça. Por isso, hoje vamos falar sobre ações que podem ser tomadas para evitá-las. Confira:

Parada de planta: protocolos de segurança

Antes de qualquer coisa, é preciso certificar-se de que o funcionamento dos equipamentos da planta está de acordo com as recomendações de segurança dos fabricantes, assim como sua operação está conforme as normas de segurança do trabalho. A implementação de medidas de segurança serve para proteger tanto o trabalhador quanto a indústria.

Assim, é preciso estar atento a todos os indícios de mudanças de comportamento dos equipamentos na planta. Alterações de temperatura, surgimento de ruídos, tremores e qualquer outro tipo de variação devem ser analisadas, pois podem ser indícios de problemas maiores.

Supervisão constante com parada de manutenção

Uma boa forma de perceber essas alterações comportamentais é através de uma supervisão constante, ou seja, com um gerenciamento de parada de manutenção. Contar com alguém qualificado e responsável por realizar essa inspeção dos equipamentos é uma ótima medida para evitar falhas.

Além disso, fica mais fácil identificar necessidades de substituição de peças ou reparos, impedindo que pequenas falhas passem despercebidas.

Analisemos um moinho, por exemplo. O movimento de rotação junto aos impactos dos materiais podem ocasionar trincas que, quando não detectadas, podem evoluir para falhas nos componentes. O responsável pela supervisão não apenas detecta as trincas, como também identifica sua causa e propõe uma solução.

Gestão de paradas de manutenção periódica

Por último, mas não menos importante, é preciso ficar atento às manutenções. Existem tipos diferentes de manutenção, como a preventiva, corretiva e preditiva. Cada uma delas tem uma finalidade específica, e deve ser realizada periodicamente para garantir o funcionamento homogêneo da planta.

Sim, isso infelizmente envolve a parada de planta. Mas, quando as manutenções são feitas da maneira correta, é possível estender o intervalo entre as paradas, realizando-as apenas nas datas programadas.

Isso faz com que a produtividade da empresa continue sem intervenções negativas, diminua o risco de acidentes e falhas, e mantenha os lucros.

A Metso possui uma equipe qualificada que pode te ajudar com manutenção, supervisão, suporte técnico e até mesmo substituição das peças. Estamos sempre de prontidão para te auxiliar no que for preciso.

 

Gostou desse artigo?

Saiba como otimizar suas paradas de planta através do nosso Manual!

 

Quer ajuda? Entre em contato.
Suas informações estão seguras. Verifique nosso aviso de privacidade para saber mais detalhes aviso de privacidade.
Muito obrigado!
Nós entraremos em contato em breve. Poderá enviar uma nova solicitação após 15 minutos.
Quer ajuda?