ago 18, 2020 Mineração blog

Em direção à uma gestão mais segura e sustentável dos rejeitos de mineração

Nossa análise do setor nos diz que a prática de desaguamento de rejeitos ainda está limitada a poucas áreas do mundo. Somente cerca de 5% dos rejeitos gerados em 2018 foram desaguados para rejeitos espessados, pastosos ou secos. Estimamos que até 2025 a parcela de rejeitos gerados que passam por desaguamento aumentará cerca de 13%.
Os rejeitos exigem desafiar o método convencional de tratamento
Os rejeitos exigem desafiar o método convencional de tratamento

 

O ambiente de negócios da mineração está sempre mudando. Não seria exagero dizer que vem ocorrendo uma mudança de paradigma com os novos desafios enfrentados pelas mineradoras. Os problemas mais importantes não se restringem a corpos de minério de baixo teor e minas cada vez mais profundas, mas também incluem os impactos ambientais de longo prazo.

A mineração envolve o processamento de minérios a fim de separar minerais valiosos, deixando para trás grandes volumes de rejeitos. Principalmente devido aos volumes da mineração, estima-se que os rejeitos gerados globalmente totalizem cerca de 3,2 bilhões de toneladas de cobre e cerca de 1,8 bilhão de toneladas de ferro por ano.

A economia de água, o custo dos rejeitos e a recuperação também estão se tornando cada vez mais importantes para uma mineração sustentável e economicamente viável, além da sobrevivência a longo prazo.

Desafiando o convencional

A forma como os rejeitos são tratados pode ter um impacto a longo prazo na eficiência econômica, bem como no bem-estar da comunidade e na sustentabilidade do ecossistema. As recentes falhas em barragens de rejeitos deram destaque a preocupações ambientais e de segurança. As regulações também ficaram mais rígidas, afetando a licença social para operar em muitas regiões.

A Metso Outotec vê a filtragem de rejeitos secos como a solução mais viável e duradoura para a gestão de rejeitos, pois não só auxilia na reciclagem de muito mais água para o concentrador, como também permite reduzir o consumo de água doce em comparação ao represamento tradicional de rejeitos.

Ao contrário da crença popular, rejeitos secos são muito mais eficientes em relação a CAPEX e OPEX, se comparados aos rejeitos úmidos ou pastosos/espessados. A tecnologia está evoluindo e mudando paradigmas para adotar soluções inteligentes e híbridas que maximizam a recuperação de minérios e de água enquanto otimizam os custos operacionais.

A mineração sustentável precisa de uma transformação radical
Quer saber mais sobre os desafios da gestão de rejeitos?

Construindo um mundo com uso positivo de água

A água é um componente essencial em diversas atividades de processamento de minerais. Atualmente, cerca de 70% das minas operadas por grandes empresas de mineração estão em países onde a escassez de água é considerada o principal risco.

Portanto, o uso responsável da água é o principal fator do crescente interesse no desaguamento de rejeitos, especialmente em países como Peru, Chile, EUA e África do Sul, onde as minas mais importantes ficam em áreas secas.

A indústria precisa de soluções de filtragem inteligentes e prontas para o futuro para resolver desafios complexos da gestão de rejeitos. Com tecnologia e conhecimento industrial comprovados, a Metso Outotex está à frente no desenvolvimento de soluções de desaguamento mais eficientes, com um intenso compromisso para maximizar a recuperação e a reutilização da água.

Preparando-se para o futuro

Muitas instalações antigas de rejeitos possuem valor mineral residual ou metais secundários que não eram interessantes na época. Com o surgimento de novas tecnologias, as empresas de mineração estão descobrindo maneiras de extrair metais valiosos dos rejeitos.

Há estudos de viabilidade em andamento para analisar barragens antigas, permitindo que os clientes planejem uma estratégia de encerramento da mina. 

O reprocessamento pode oferecer oportunidades para ajudar na recuperação ambiental e, ao mesmo tempo, oferecer uma oportunidade de investimento atrativa. Tratar os reservatórios de rejeitos como uma fonte potencial de conversão de “rejeitos em valor” certamente ajudará a mudar a percepção que a indústria de mineração vem tendo em todos esses anos.

Quer saber mais sobre os desafios da gestão de rejeitos de mineração? Acompanhe a série de artigos que analisam a gestão de rejeitos a partir de três pontos de vista diferentes:

  1. A mineração sustentável e socialmente responsável precisa de uma transformação radical
  2. Como gerenciar rejeitos com eficiência e economia
  3. Como preparar-se para o futuro e gerar valor a partir dos rejeitos com reprocessamento

 

Soluções de Gestão de Rejeitos
Nosso objetivo é transformar o gerenciamento de rejeitos, alterando práticas herdadas e propensas a riscos por um modelo de criação de valor positivo.
Quer ajuda? Entre em contato.
Suas informações estão seguras. Verifique nosso aviso de privacidade para saber mais detalhes aviso de privacidade.
Muito obrigado!
Nós entraremos em contato em breve. Poderá enviar uma nova solicitação após 15 minutos.
Contato