jun 3, 2020 Mineração blog

Gestão de pessoas no chão de fábrica: aprenda a fazer de forma eficiente

Veja por que a correta gestão de pessoas no chão de fábrica é relevante para motivar, orientar e desenvolver o potencial dos operários e ter melhor desempenho!
A gestão de pessoas no chão de fábrica é parte essencial da estratégia de operação em um negócio.

Essa figura terá o importante papel de motivar, orientar e desenvolver o potencial dos operários em busca de um desempenho melhor. Mais que atuar na gerência, é alguém capaz de inspirar e fazer com que as pessoas realmente fiquem engajadas.

Mas como fazer essa gestão de pessoas de forma eficiente no chão de fábrica? Veja quais são os segredos!

Por que contar com um líder?

A liderança tem a função de agregar e definir quais são os rumos para atuar diante de determinado cenário. No chão de fábrica, isso se torna ainda mais importante, pois é nesse ponto em que boa parte dos resultados são produzidos. Portanto, é preciso ter uma figura central para coordenar o trabalho dos colaboradores.

A escolha do líder adequado e a atuação correta no gerenciamento são decisões que levam muitos benefícios para uma empresa. Na sequência, entenda quais são as maiores vantagens de desenvolver a gestão de pessoas nessa área da indústria.

Atendimento aos padrões de produção

Uma das primeiras funções de um líder de chão de fábrica é reconhecer os parâmetros de produção e as formas para atendê-los. É o caso de considerar quais são os padrões desejáveis para a qualidade e o que deve ser produzido em cada processo.

Também devem ser respeitadas questões referentes à segurança e às particularidades de cada procedimento. No caso da mineração, por exemplo, pode ser necessário britar materiais em diferentes granulometrias, dependendo da área e do uso. Cabe ao líder instruir sobre essas características, o que permite atingir o nível esperado para cada tarefa.

Aumento do nível de produtividade

Uma boa gestão de pessoas no chão de fábrica também gera impactos positivos sobre a capacidade produtiva. Isso acontece, principalmente, porque há um reconhecimento do prazo e a criação de metas mais realistas para o seu cumprimento.

Ao definir uma liderança adequada, você notará que sua equipe é capaz de transformar a entrega de resultados. Há um nível maior de eficiência e de agilidade, sem que a qualidade fique comprometida.

Maior integração entre colaboradores

A figura do líder, como dito, também tem a função de agregar talentos, capacidades e responsabilidades. Por isso, uma boa gestão de pessoas no chão de fábrica é determinante para melhorar a integração entre os colaboradores. Entre processos dependentes, por exemplo, há uma troca otimizada de informações, o que leva a maiores chances de sucesso.

Além disso, há maior engajamento e motivação por parte da equipe. Isso aumenta o potencial dos operários e faz com que eles fiquem afinados com o negócio e seus procedimentos.

Como realizar a gestão de pessoas no chão de fábrica?

Para obter essas e outras vantagens, o gerenciamento precisa ser feito com qualidade e de maneira estruturada. As decisões precisam estar alinhadas à estratégia da empresa para que seja possível conquistar os resultados esperados.

É verdade que cada negócio (inclusive, em termos de segmento ou tamanho) precisa de soluções específicas. No entanto, falar de liderança significa abordar alguns pontos que sempre devem ser aplicados. Por isso, veja como fazer uma boa gestão de pessoas nesse ambiente.

Otimize o processo de comunicação

O primeiro passo consiste em entender que a liderança não deve se basear em dar ordens e garantir que elas sejam cumpridas. Em vez disso, a intenção deve estar em estabelecer uma parceria de alto valor para todos os envolvidos. Nesse sentido, tudo começa com uma otimização quanto ao processo de comunicação entre as equipes.

Faça com que todos os colaboradores do chão de fábrica reconheçam quais são as metas de atuação e, principalmente, qual é o papel da liderança. O ideal é que os profissionais enxerguem o líder como um apoio para o sucesso e não como um “fiscal”, já que este último pode estremecer as relações entre os mesmos.

Abra os canais de comunicação e facilite o acesso à informação. Se todos puderem conhecer o desempenho do time ou quais são os objetivos de negócio, a liderança se torna mais efetiva.

Faça uma boa distribuição de tarefas

A organização também é um passo essencial para a gestão de pessoas no chão de fábrica. Para obter o melhor aproveitamento de talentos e oportunidades, o ideal é delegar e distribuir as tarefas corretamente.

O líder deve ser capaz de reconhecer quais são as habilidades essenciais para cada etapa produtiva e como cada ativo do capital humano pode ser aproveitado. Com uma definição clara de responsáveis, cada um pode ter autonomia sobre as próprias funções e desempenho.

Na distribuição de tarefas, não se esqueça de que é preciso esclarecer quais são os deveres, as expectativas e o objetivo a ser alcançado. Inclusive, esse é um passo que diz respeito à clareza de comunicação.

Ofereça feedbacks regularmente

Uma das funções mais importantes da liderança é poder dar um retorno, para os operários, sobre a performance consolidada. Por isso, o ideal é oferecer um nível de feedback regular. Isso tem grande impacto na motivação e pode ajudar a conquistar mais produtividade.

Com base nas informações de desempenho, no alcance de metas ou até no nível de retrabalho, vale orientar o time sobre como isso afeta de maneira positiva ou negativa a produção industrial. Assim, cada um tem a chance de saber onde deve melhorar e quais são as principais possibilidades.

Invista na capacitação contínua

Esse gerenciamento de talentos depende, ainda, de uma melhoria contínua de conhecimentos e capacidades. Por isso, é indispensável oferecer a oportunidade de capacitação contínua dos profissionais da empresa.

O líder deve ser capaz de identificar os principais talentos, as maiores necessidades e como preencher as lacunas por meio de desenvolvimento. Além disso, a liderança também deve se capacitar. É essencial que o profissional nessa posição seja capaz de desenvolver novas técnicas e metodologias de gerenciamento, de modo a aumentar a performance.

Como medir os resultados?

Não é porque se trata de gestão de pessoas que o processo deve ser feito apenas manualmente — pelo contrário. O ideal é buscar maneiras de fazer com que a sua empresa implemente a tecnologia para tomar decisões melhores.

Por isso, é recomendável contar com plataformas e sistemas de gestão que ajudem a monitorar os resultados. Com base em informações sobre produtividade, nível de qualidade ou eficiência, é possível entender quais são as ações mais efetivas no gerenciamento.

Esses números também devem ser usados para dar um retorno aos operários, de maneira justa e precisa. Assim, há a chance de criar um nível elevado de performance, o que ajuda a atingir os objetivos de produção.

A gestão de pessoas no chão é fábrica é essencial para o sucesso da indústria. Ao aplicar na prática dicas como as propostas em sua empresa, é possível obter não apenas melhores resultados em termos de produtividade, mas também em ter uma equipe mais engajada com o propósito da organização.

Se quiser mais dicas para aplicar em seu negócio, curta nossa página no Facebook e nos siga no Instagram, recebendo mais novidades como essa direto em seu feed.