mar 8, 2021 Mineração blog

Quais as ferramentas de simulação para entender melhor o funcionamento dos moinhos?

Fábio Isoldi
Fábio Isoldi
Product Support Coordinator
A simulação em computador é uma grande aliada na otimização da moagem.

Existem várias ferramentas que indicam, com precisão, informações importantes de processo, desde o tipo trajetória da carga dentro do moinho até a previsão de desgaste ao longo do tempo. Os programas para simulação devem ser calibrados com dados reais de campo, razão pela qual o histórico de inspeções periódicas é um material fundamental de consulta. Os relatórios de desgaste de jogos anteriores de revestimento é uma das principais fontes de informação para calibrar os softwares de simulação. 

O uso dessas ferramentas permite cruzar vários parâmetros e entender como seria a trajetória da carga no moinho a partir do nível de enchimento e da geometria das placas de revestimento, para ficarmos em apenas um tipo de avaliação. Independente de quem está simulando as condições de operação na moagem, é preciso ter em mente como funciona a planta que está sendo analisada. Com isso, o especialista vai trabalhar no melhor projeto para que o equipamento faça a moagem da carga da maneira mais eficiente.

As ferramentas de simulação geralmente são especializadas e foram desenvolvidas ao longo de anos de experiência por fabricantes de moinhos. Também permitem comparar dados históricos de operações já existentes, o que leva ao aperfeiçoamento dos modelos desenvolvidos em computador, alguns deles em 3D. Os vários tipos de simulação podem envolver um tempo maior. No caso das análises de descarga e de trommel, a duração média é de uma semana. As simulações de trajetória, dependendo do caso, podem ser feitas em menos de uma hora, enquanto o processo que avalia a vida útil dos revestimentos pode durar alguns dias.