ago 25, 2020 Mineração blog

Saiba por que FPS é uma sigla importante em mineração

Metso Brasil
Metso Brasil
Ferramentas de penetração de solo (FPS) podem custar pouco em relação ao equipamento, mas se inadequadas pesam no bolso dos produtores de agregados e das mineradoras.
Ferramentas de penetração de solo (FPS)
Ferramentas de penetração de solo (FPS)

 

As FPS são muito mais que um detalhe dos equipamentos móveis de mineração. Elas podem, por exemplo, aumentar o desempenho das escavadeiras e reduzir seus custos de manutenção, para citar apenas dois ganhos em campo. E mais: adequadamente especificadas, as FPS ampliam a segurança das operações, ao evitar acidentes na hora da troca. Ferramentas de penetração de solo adequadas também não se desprenderão das caçambas, sendo enviadas – perigosamente - à planta de processamento e causando danos aos britadores.   

O design das FPS, por incrível que pareça, tem um peso importante nos ganhos citados acima. Pense no esforço mecânico que uma escavadeira precisa fazer para trabalhar na frente de lavra e carregar o minério que será processado.

Quanto menos força o equipamento precisar fazer, menos força será exigida dos componentes do sistema hidráulico da máquina e, portanto, menor o consumo de combustível. Um desenho mais eficiente das ferramentas permite que as FPS durem mais, ampliando a vida útil de dentes e adaptadores, entre outros tipos de componentes.

Dados da MTG em operações de agregados confirmam um aumento de vida útil entre 15% e 20% em relação às marcas top de mercado somente pelo melhor entendimento do design aliado à qualidade do aço das FPS.

 

Troca das FPS deve ser simples, rápida e segura 

As FPS "engenheiradas" igualmente permitem a movimentação maior de tonelagem nas frentes de lavra. O motivo é claro: se têm uma vida útil mais alongada, elas vão operar por mais tempo antes da troca. A especificação feita por especialistas leva ao dimensionamento correto da quantidade e do melhor posicionamento dos dentes.

Estamos falando dos dentes certos – design e metalurgia – e na quantidade certa. Uma conta rápida resume esse pensamento: uma escavadeira que para menos vezes para a troca das FPS, tem maior disponibilidade operacional porque o dente colocado na caçamba dura mais. Não é apenas a troca em si, mas o tempo despendido no processo.

A parada para a troca das FPS, aliás, é outro momento da verdade. Quanto mais alongada a necessidade de manutenção, menor é a exposição a incidentes. A substituição das peças usando tecnologias inovadoras, sem necessidade de marretas, por exemplo, é um avanço importante. Mecanismos ergonômicos, que exijam pouco esforço dos técnicos em campo igualmente contribuem para a segurança da operação de troca.

O treinamento constante e o fornecimento de manuais atualizados ajudam no processo, ao indicar procedimentos corretos, como a medição dos dentes que podem indicar a hora da troca ou ainda a especificação de eletrodos e da forma adequada de se executar a solda: pouco material soldante, por exemplo, pode levar a trincas indesejadas.

Os cuidados com segurança em se tratando de FPS não se limitam à etapa de escavação, onde estão as máquinas. Uma ferramenta de penetração de solo inadequada ou de qualidade inferior pode fraturar antes do tempo e sem controle, sendo levada para o britador. Daí a importância de adotar sistemas de travamento inteligentes e, em caso de soldagem, atentar para os padrões determinados em norma e para o uso de mão de obra treinada.

Profissionais experientes vão inspecionar visualmente as peças e identificar se há um desgaste acentuado, acima do pré-determinado. Também podem avaliar visualmente o sistema de fixação, se as FPS estão alinhadas, enfim, o estado geral das FPS nas caçambas.

 

Parceiro ideal vai vê a solução e não apenas a ferramenta em si

Uma regra geral nas ferramentas de penetração de solo e que ajuda na identificação de problemas é o fato de que se um dente for quebrar, ele quebrará geralmente logo no início de uso. E a origem do incidente será facilmente observável, incluindo a qualidade da FPS adotada ou a operação equivocada da máquina por parte do operador. Lembrando que é uma regra geral.

O mais comum em campo é observar um desgaste controlável das peças, o que reforça a já citada inspeção visual. Recursos como o uso de proteções entre os dentes – algo culturalmente ainda não aceito na maioria das nas pedreiras brasileiras – podem reduzir problemas de desgaste ou mesmo de queda de dentes.

A parceria com um fabricante que pense as FPS como uma solução integral e não apenas como o fornecimento de um dos componentes ajuda na identificação e na solução dos problemas. Um especialista em ferramentas de penetração de solo irá além do domínio da metalurgia e do design das peças. Ele poderá agregar a confiabilidade que esse tipo de produto exige, combinada com a resistência ideal para cada operação.

O know how também fortalecerá os aspectos desejados de ergonomia e segurança. Em termos de desempenho, o uso das FPS corretas permitirá maior disponibilidade em paralelo à menor manutenção. E, pra finalizar, um parceiro ideal deve ter condições de atender logisticamente a mineradora e o produtor de agregados.

 

Quer ajuda? Entre em contato.
Suas informações estão seguras. Verifique nosso aviso de privacidade para saber mais detalhes aviso de privacidade.
Muito obrigado!
Nós entraremos em contato em breve. Poderá enviar uma nova solicitação após 15 minutos.
Contato