Share to Facebook Share to Twitter Share to Twitter More...

Válvula BWX: de ideia à pedido em colaboração com o cliente

A bem-sucedida colaboração com os alemães do Grupo Linde no desenvolvimento conjunto de uma nova válvula borboleta com sede metálica criogênica permitiu que a Metso conseguisse um novo projeto para uma unidade de separação de ar (ASU) que será utilizada em uma desafiadora aplicação de gases industriais. Os principais fatores que fizeram com que esse projeto fosse extremamente valioso para ambas as partes foram o tempo de desenvolvimento recorde, o atendimento de 100% das exigências do cliente e a sólida parceria.

TEXTO: Martin Dreßen
Fotos: Grupo Linde e Metso 

A habilidade de se adaptar rapidamente às mudanças permitiu que o Grupo Linde, a maior empresa do mundo em gases industriais e médicos, cuja sede fica em Munique, na Alemanha, mantivesse seus lucros estáveis, mesmo durante os penosos anos da crise financeira global. Ainda assim, as exigências do mercado de gases industriais em termos de segurança, qualidade e conformidade dos produtos, com todos os seus critérios de certificação, estão ficando cada vez mais rígidas. Isso exige que a Linde, bem como seus principais fornecedores, continuem se aprimorando sempre. 

Quando surgiu a necessidade de uma nova solução em válvulas, a empresa começou a procurar por um parceiro que fosse capaz de ajudá-los a satisfazer as mais rigorosas exigências e prosperar nesse ambiente em transformação. A Linde e a Metso têm um longo histórico de cooperações e, em 2008, a Metso comprou a MAPAG Valves GmbH do Grupo Linde. 

As experiências anteriores provaram o compromisso da Metso em atender a empresa com muita integridade e se concentrar em fornecer soluções de qualidade indiscutível, mesmo nos casos mais desafiadores. Logo, a Linde escolheu a Metso para desenvolver uma válvula criogênica da qual precisava para um ASU novo em um espaço curtíssimo de tempo.

A válvula BWX foi criada com a colaboração do grupo Linde.

100% das exigências atendidas

Após concluir a intensa etapa de pesquisa e desenvolvimento, que foi realizada por meio de uma parceria entre a equipe de desenvolvimento da Metso e os engenheiros da Linde em Horgau, Alemanha, a nova válvula BWX foi aprovada pelo cliente em dezembro de 2014. A estreita parceira das empresas durante a fase de projeto garantiu que o produto final atendesse a 100% das exigências da Linde.

Imediatamente após a aprovação, o primeiro pedido da válvula BWX ponta de linha foi realizado em março de 2015, apenas seis meses após a concepção da nova idéia. 

A válvula criogênica BWX será instalada na unidade de separação de ar em Eisenhüttenstadt, que fica na fronteira entre a Alemanha e a Polônia. Uma vez instalada, a finalidade principal da unidade será fornecer oxigênio e nitrogênio para as instalações locais de fabricação de aço da ArcellorMittal. As válvulas terão um papel crucial para garantir que as operações da fábrica sejam confiáveis e eficientes em longo prazo. 

A BWX é a válvula mais recentemente desenvolvida pela Metso. Seu design de borboleta com sede metálica oferece altos valores de Cv. A válvula é baseada em um projeto de plataforma, mas também pode ser personalizada de acordo com especificações. Graças à sua estrutura 100% seca e opção de produção sem lubrificante, a válvula é ideal para serviços que envolvam oxigênio, nas quais a limpeza e o maior nível possível de estanqueidade são necessários. 

Uma parceira, e não apenas para o fornecimento

“Esta primeira encomenda de válvulas criogênicas BWX é um marco conquistado com um de nossos principais clientes. Usando nossa vasta e comprovada experiência no mercado, aliada às décadas de conhecimento de processos, nós combinamos as melhores características do design da nossa série já existente de produtos para criar essa válvula BWX ponta de linha”, disse Martin Dreßen, gestor de negócios, da linha de negócios de petróleo e gás, da Metso. “Havia uma lacuna óbvia no que se refere a produtos com altíssima estanqueidade que fossem adequados para os desafiadores serviços com criogênio e oxigênio no setor de gases industriais. Agora, temos a BWX, que pode atender perfeitamente a essa demanda."

A BWX não apenas atende às exigências da Linde, mas também oferece valor para clientes do setor de gases industriais, bem como para segmentos de bombas e turbinas, ajudando-lhes a respeitar normas de conformidade mais rigorosas no futuro.

Ingo Leufgen, diretor de vendas e serviços da Metso, na Alemanha e na Suíça, comenta sobre o projeto: “O tempo de confecção era um assunto importante para a Linde. Graças ao rápido reflexo de reação e ao alto nível de profissionalismo da equipe da Metso, nós fomos capazes de entregar dentro do curto prazo estabelecido para o projeto."

“Também nos orgulhamos do valor que podemos oferecer agora à Linde, que veio agregado com a maior segurança e melhor desempenho de processo. Mais uma vez, a Metso foi capaz de provar que não é apenas uma fornecedora, mas uma parceira de longo prazo para a Linde no futuro, garantindo a competitividade técnica e comercial.”

Para a Linde, o valor sustentável de ter válvulas BWX em sua unidade de separação de ar é uma garantia de que a planta operará de forma eficiente e será capaz de estar em conformidade com as mais recentes normas de segurança e qualidade.

O Grupo Linde

O Grupo Linde, a maior empresa de gases do mundo, fornece gases indústriais, médicos, de processo e de especialidades, bem como plantas, hardware e soluções em aplicações para, virtualmente, todos os segmentos da indústria. Em 2014, o Grupo Linde gerou uma receita de cerca de 17 bilhões de euros, com aproximadamente 65.500 funcionários trabalhando em mais de 100 países em todo o mundo. 

MAIS INFORMAÇÕES: 
martin.dressen@metso.com

Publicado na revista Results 2/2015.

Produtos relacionados