abr 15, 2020

Fazendo mais com menos - Apoiando a sustentabilidade nas operações da bioindústria

Em um mercado já competitivo, sob pressão legislativa para melhorar continuamente o desempenho ambiental, a sustentabilidade e a lucratividade precisam andar de mãos dadas. Nossas soluções de válvulas são projetadas para ajudar nossos clientes de celulose, papel e bioindústria a alcançar os dois objetivos principais.

A moderna bioindústria baseada em madeira tem a sustentabilidade implícita. Não apenas os produtos tradicionais de celulose, papel, papelão e tissue estão saindo de fábricas modernas totalmente recicláveis, como também muitos dos novos bioprodutos desenvolvidos e comercializados rapidamente estão melhorando ainda mais a sustentabilidade da indústria como um todo. A energia mais verde, os novos combustíveis sem fósseis e uma série de novos produtos estão ajudando a substituir plásticos de uso único e outros materiais nocivos. Mas, assim como os próprios produtos finais, os processos por trás deles também estão sob constante análise em termos de impacto ambiental.

Aproveitando ao máximo suas matérias-primas
Todas as fábricas modernas estão monitorando cuidadosamente o processo de fornecimento de madeira e a sustentabilidade das práticas florestais envolvidas. Ao mesmo tempo, o uso eficiente dessas matérias-primas valiosas está desempenhando um papel crucial na melhoria da lucratividade e do desempenho ambiental. Parte da equação consiste em otimizar o desempenho das válvulas de processo para minimizar a oscilação e a variação no processo, reduzindo o desperdício resultante de flutuações na qualidade da produção. O desempenho e as capacidades dos controladores de válvula precisos, como o Neles NDX, podem ajudar bastante a reduzir a oscilação. O segundo fator importante na eficiência da matéria-prima é a utilização de fluxos laterais secundários e resíduos do processo, convertendo-os em bioprodutos comercialmente viáveis, como biocombustível ou energia.

Minimizando as emissões fugitivas
À medida que esses novos bioprodutos se tornam parte do ecossistema da fábrica, novos processos estão sendo introduzidos. Isso significa um novo conjunto de requisitos para as válvulas usadas nesses processos. Com fluidos químicos e gasosos nos oleodutos, minimizar as emissões fugitivas se tornou uma preocupação cada vez mais pertinente. Ao falar sobre a redução de emissões fugitivas, podemos observar que não se trata apenas de um ato ambiental. Embora o desempenho ambiental seja uma alta prioridade, minimizar as perdas devido a emissões e vazamentos é uma questão de dinheiro. O meio de fluxo perdido significa tanto a perda de matéria-prima quanto o menor rendimento do produto final. A perda de meio de fluxo também é energia perdida, uma vez que as bombas ou compressores devem fazer um trabalho extra para compensar o vazamento. Uma quantidade considerável de dinheiro pode ser economizada ao se minimizar as emissões fugitivas. Na Metso, submetemos nossas válvulas a testes completos e garantimos que suas válvulas tenham a certificação de emissões necessária para o uso pretendido.

Obtendo mais com menos energia
Estudos sugerem que os custos de energia podem representar até 30% dos custos totais de produção de uma fábrica (Comissão Europeia, SETIS, Eficiência Energética em Celulose e Papel). De qualquer maneira, nossas válvulas podem ajudar a reduzir o consumo de energia, o que será refletido no seu resultado final. Além de limitar as perdas devido a emissões fugitivas, a válvula certa como parte do seu processo pode ajudar diretamente a reduzir o consumo. Por mais que isso tenha a ver com a qualidade da própria válvula, é aqui que nosso entendimento do processo entra em jogo. Por exemplo, a utilização de nossa exclusiva ferramenta de dimensionamento digital Nelprof para a seleção e dimensionamento do conjunto de válvulas correto pode ajudar a obter características de fluxo ideais sem a necessidade de aumentar a potência de bombeamento. Reduzir o consumo de energia em qualquer processo industrial é um ótimo serviço para o meio ambiente, mas quando você também consegue ajudar os clientes a otimizar o processo de criação de sua própria bioenergia mais verde a partir de resíduos do processo para alimentar suas operações da fábrica, as melhorias no desempenho ambiental são multiplicadas.

Estabilidade é sustentabilidade
Alcançar a estabilidade do processo é talvez o fator mais importante com o qual as válvulas podem ajudar. A estabilidade melhora a qualidade de produção e reduz o desperdício e a perda de produção. Ao mesmo tempo, ela oferece longevidade ao processo e aos dispositivos e reduz o custo e o impacto ambiental do trabalho, a necessidade de viagens e os gastos com materiais relacionados à manutenção e serviços. A estabilidade também tem um impacto ambiental mais local, tornando a fábrica um lugar mais seguro para trabalhar. Os projetos por trás de todos os nossos produtos de válvulas, assim como as ferramentas digitais e serviços especializados que acompanham nossas soluções de válvulas, baseiam-se nas necessidades de nossos clientes e em nosso compromisso de melhorar a eficiência e o desempenho ambiental das fábricas de celulose, papel e bioprodutos em todo o mundo.

 

Texto de Jukka Borgman, Diretor de Desenvolvimento de Tecnologia, Metso

Como válvulas podem melhorar o desempenho do seu processo e negócio?

Produtos relacionados