mai 4, 2019

Instalações corretas de válvulas dobram a vida útil da mina de Tarkwa

Detalhes aparentemente insignificantes podem fazer uma grande diferença nos custos não planejados. As válvulas são uma parte pequena, porém, essencial dos processos da indústria de mineração, e se ocorrerem problemas com elas, isso pode levar a paradas não planejadas e consequentes perdas na produção.

O rebaixamento das especificações de válvulas como uma medida de economia de custos na mina de Tarkwa, a maior produtora de ouro em Gana, mostrou ser contraproducente, já que a falha prematura de produtos sobressalentes resultou em alto custo de paradas e gastos com manutenção na planta de processamento de ouro. Mas, com a ajuda dos especialistas em serviços comerciais da Metso, a mina conseguiu uma confiabilidade consistente que levou a melhorias na eficiência geral da planta.

Gana é um dos 10 maiores produtores de ouro do mundo. Um dos principais contribuintes para este status é a mina de Tarkwa, operada pela Gold Fields Ghana. Tarkwa está situada na parte sudoeste do país, a cerca de 300 quilômetros a oeste da capital, Acra. Suas operações de mineração a céu aberto iniciaram-se em 1998. Classificada como uma mina de superfície de baixo custo e classe mundial, a operação é a maior produtora de ouro do país, extraindo mais de 14.000 kg por ano. Isso é bem mais de 12% do total nacional.

O refino desse volume de metais preciosos exige que a operação processe anualmente uma média de cerca de 13.000.000 toneladas de material contendo minério, que, até 2004, era processado usando o método de refinamento de lixiviação em pilha.

Com a mudança para o uso da tecnologia de carvão em lixiviação (CIL) no mesmo ano, uma nova fábrica CIL foi introduzida e subsequentemente expandida em 2009. Isso resultou em algumas consequências inesperadas: uma redução sem precedentes na vida útil das válvulas.

Problemas de qualidade que levam a tempo de inatividade não planejado

Essas válvulas, tanto em termos de número, como de funcionalidade, desempenham um papel crítico no processo CIL, e a falha prematura tem o duplo resultado de inatividade não planejada acompanhada de perdas equivalentes na produção.

O engenheiro de vendas de serviços da Metso para a divisão de válvulas, Christian Appiah, explica que as válvulas no ambiente de mineração funcionam sob condições extremamente exigentes.

“A falha da válvula e do atuador pode surgir por diversos motivos. Por exemplo, altos níveis de poluição devido a poeira e outros contaminantes resultam em uma qualidade de ar muito ruim. Somado a isso, estão os problemas de temperaturas e pressões ambientais muito altas, sem mencionar os desafios impostos pela vibração. Uma fonte de alimentação errática e de baixa tensão também agrega potenciais problemas”, diz ele.

Christian explica que as válvulas instaladas como equipamento original para a usina de segunda geração tiveram o desempenho esperado em termos de expectativa de vida. No entanto, depois de substituições de rotina, os problemas começaram a surgir.

“Parecia haver um problema com a qualidade, mesmo nos casos em que as válvulas eram substituídas por produtos aparentemente idênticos da mesma marca. Isso é algo que pode ser atribuído ao uso de materiais de classe inferior”.

“Um dos desafios nessa situação é que as cadeias de fornecimento consideram as válvulas e produtos similares como commodities. O preço, portanto, torna-se o principal fator motivador por trás da decisão de compra, independentemente das consequências potenciais mais à frente.”

A Metso mantém um relacionamento de longa data com a Gold Fields Ghana fornecendo equipamentos pesados, incluindo trituradores, bombas e peneiras. Foi a partir desta negociação que a Tarkwa conheceu a linha de negócios de válvulas da Metso e se abriu para novas possibilidades de exigências nas especificações.

A análise especializada produz grandes mudanças em eficiência e confiabilidade

Esse foi o começo de um processo intensivo envolvendo uma grande quantidade de trabalho de base e análise técnica ao longo de um período de cinco anos. Christian envolveu-se profundamente no processo que acabou fornecendo a solução para as necessidades do cliente.

Para cobrir os requisitos exigentes da aplicação, as válvulas mais adequadas foram selecionadas no amplo portfólio de produtos da Metso para diferentes plantas de mineração e processamento mineral. Para a mina de Tarkwa, a solução era válvulas de controle e de abertura/fechamento, incluindo válvulas esfera, borboleta e segmentadas que haviam sido fornecidas em 2015 para a substituição de itens que haviam atingido o fim de suas vidas úteis.

“Foi um trabalho em equipe entre tecnologia e vendas, e esse nível de cooperação foi essencial, pois CIL é um processo imenso em uma planta dessa magnitude.”

“Um componente-chave na fase de planejamento antes da adoção dos produtos Metso para o processo CIL foi o Nelprof, uma solução de software avançada que nos ajudou a selecionar o melhor controle e as melhores válvulas de abertura/fechamento para a aplicação específica”, diz Christian.

As vantagens duplas da seleção científica e da instalação de válvulas para a especificação correta e de uma qualidade durável logo foram reconhecidas pela gerência da Tarkwa Engineering. “Houve uma redução significativa no tempo de inatividade e ganho de produtividade, combinado com a redução das despesas operacionais”, observa Solomon Boateng, engenheiro de planta da mina Tarkwa - CIL.

A administração de engenharia da mina de Tarkwa ficou satisfeita com o desempenho das válvulas Metso instaladas, pois elas produziram mudanças significativas em sua confiabilidade consistente e na eficiência geral da planta.

Solomon Boateng contextualiza a transição positiva da falta de confiabilidade para a produtividade constante:

“Essas válvulas nos deram paz de espírito com relação à operação do circuito de eluição crítico no processo CIL. O uso foi estendido a outros segmentos essenciais de nossos processos de recuperação”.

 

Produtos relacionados